Malhar no frio evita efeito sanfona

Malhar no frio evita efeito sanfona

Atualizado: Quarta-feira, 13 Julho de 2011 as 12

Usar o frio como pretexto para abandonar a academia e abusar de alimentos gordurosos, massas, tacinhas de vinho ou cervejas encorpadas para aquecer o organismo pode ser uma cilada. Embora seja uma delícia relaxar e comer bem nos dias frios, é preciso lembrar que a prática da atividade física no inverno traz uma série de benefícios, a começar pelo aumento a resistência e da imunidade do corpo contra gripes e resfriados, por exemplo.

Além disso, quem deixa de praticar exercícios durante o inverno tem um problema a mais com a proximidade do verão: não há tempo hábil para treinar em dobro e combater o efeito sanfona, que causa o ‘engorda-emagrece’. “As pessoas que abandonam a malhação no inverno terão que duplicar o esforço com a chegada do verão, e ainda correm o risco de entrar no efeito sanfona”, diz Saturno de Souza, diretor técnico da Bio Ritmo Academia.

Segundo a nutricionista Tarcila Beatriz Ferraz de Campos, mestre em Ciências com ênfase em Fisiologia Endócrina e especialista em Fisiologia do Exercício pela USP, o ideal no inverno é unir um cardápio saudável à malhação: “A melhor estratégia é aliar alimentação equilibrada e atividade física”.

Continue a praticar

Manter o mesmo ritmo de malhação do verão e do outono é complicado no inverno. Por isso, diminuir o ritmo pode ser a solução, segundo Saturno: “A dica é treinar pelo menos três vezes por semana, durante 30 minutos, no mínimo”.

Além da tradicional musculação, exercícios aeróbicos como caminhada, corrida e bicicleta são as opções recomendadas pelo especialista da Bio Ritmo, pois ajudam a evitar o ganho de peso comum durante o período, já que a ingestão calórica é maior.

“É nessa época que ocorre também o maior número de lesões, pois a pessoas ficam com preguiça de se alongar. O ideal é que se gaste mais tempo com o aquecimento e alongamento”, recomenda Saturno. “Outra dica é a hidratação, que deve ser feita antes, durante e depois dos exercícios, pois, assim como no verão, o corpo perde líquido através da transpiração”, completa.

Evite o efeito sanfona

Da mesma forma que é impossível manter o ritmo da malhação durante o inverno, priorizar saladas e grelhados na mesma intensidade que no verão é pura ilusão. Para você conseguir passar pela estação sem engordar excessivamente, a nutricionista Tarcila preparou dez dicas que evitam o ‘engorda-emagrece’. Confira:

1. Faça pelo menos três refeições (café da manhã, almoço e jantar) e dois lanches saudáveis por dia. Não pule as refeições e não exagere na quantidade;

2. Inclua diariamente seis porções do grupo dos cereais como arroz, milho e trigo no cardápio; tubérculos como as batatas; raízes como a mandioca/macaxeira/aipim; pães e massas nas refeições. Dê preferência aos grãos integrais e aos alimentos na sua forma mais natural;

3. Coma diariamente pelo menos três porções de legumes e verduras ou frutas;

4. Coma feijão com arroz todos os dias ou, pelo menos, cinco vezes por semana. Esse prato brasileiro é uma combinação completa de proteínas e bom para a saúde;

5. Consuma diariamente três porções de leite e derivados e uma porção de carnes, aves, peixes ou ovos;

6. Consuma, no máximo, uma porção por dia de óleos vegetais, azeite, manteiga ou margarina;

7. Evite refrigerantes e sucos industrializados, bolos, biscoitos doces e recheados, sobremesas doces e outras guloseimas. Coma-os, no máximo, duas vezes por semana.

8. Diminua a quantidade de sal na comida e retire o saleiro da mesa;

9. Beba pelo menos 2 litros (6 a 8 copos) de água por dia. Dê preferência ao consumo de água nos intervalos das refeições;

10. Torne sua vida mais saudável. Pratique pelo menos 30 minutos de atividade física todos os dias e evite as bebidas alcoólicas e o fumo.

por Lascritta

veja também