Médica desvenda mitos sobre gripes e resfriados em épocas frias

Médica desvenda mitos sobre gripes e resfriados em épocas frias

Atualizado: Segunda-feira, 11 Abril de 2011 as 3:50

A época de frio está próxima e com ela aumentam os casos de gripes e resfriados. Quase todas as mães têm dúvidas sobre como evitar que os filhos fiquem doentes. Mas será que friagem pelas costas, água gelada e pé no chão fazem realmente mal à saúde? Até que ponto os cuidados são necessários ou podem ser exagerados?

É só o tempo fechar para a dona de casa Adrilene Rocha Barreto ficar de olho nas filhas. Ela sequer deixa as meninas andar sem calçado e sentar no chão. "Eu tenho a impressão de que a friagem do chão passa para o corpo delas", justificou.

Os cuidados com as filhas são tantos que a mãe não gosta que as filhas abram a geladeira com o copo quente e não libera para que elas bebam água gelada. "É dor de garganta na certa", disse.

Adrilene também não autoriza que as filhas brinquem na piscina e ficar com roupas molhas nem pensar.

A médica Télcia Magalhães explica que o excesso de gelado não causa resfriados, mas alerta que o frio causa a constrição, estreitamento dos vasos sanguíneos que são responsáveis por transportar os elementos de defesa para o organismo.

Télcia fala ainda que a pessoa que possui uma doença pode ter as defesas diminuídas se ficar constantemente exposta ao frio ou se permanecer durante muito tempo com roupas molhadas. "Nas crianças ou pessoas sadias essa preocupação excessiva é desnecessário".

Mais do que se preocupar com o frio, a médica disse que o importante é ter uma boa alimentação e manter os ambientes arejados para se evitar a concentração de vírus e germes. "É importante lavar as mãos e deixá-las sempre limpas para evitar contaminações".

veja também