MENU

Saúde

Médico 'salva' amigo ao identificar apendicite no Facebook

Médico 'salva' amigo ao identificar apendicite no Facebook

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 09:55

Um médico britânico salvou um amigo possivelmente da morte ao alertá-lo de que deveria procurar um médico imediatamente, depois de ler uma atualização de status deste no Facebook.

Rahul Velineni, do hospital Princess of Wales, no País de Gales, leu na atualização de status de seu antigo amigo de escola Peter Ball que este estava sofrendo de fortes dores de estômago e dificuldades para caminhar.

Velineni enviou-lhe então uma mensagem dizendo que poderia estar com apendicite e que deveria consultar um médico imediatamente.

Peter, que vive em Cheshire, na Inglaterra, leu a mensagem no meio da madrugada, depois de acordar com fortes dores de estômago, e, alertado, foi ao médico no dia seguinte.

No mesmo dia ele foi operado. Segundo os médicos, o apêndice de Ball já estava perfurado, o que poderia ter tido consequências fatais.

"Como um velho"

Peter Ball achava que estava sofrendo, já havia algum tempo, de dores musculares.

Mas, os sintomas pioraram e ele teve que ficar de cama. Com isso, Ball atualizou seu status no Facebook, escrevendo que a dor de estômago tinha piorado e estava "andando como um velho".

"Acordei por volta das 3h30 da manhã, com dor, e vi que tinha uma mensagem de Rahul me pedindo para ligar para ele, dizendo que ele achava que eu tinha apendicite", disse Ball.

Decidido a não incomodar o amigo durante a madrugada, Ball foi ao médico mais próximo logo pela manhã, que o encaminhou para um hospital de Cheshire, o Macclesfield General Hospital.

Ball disse que deve algumas bebidas ao amigo médico

"Por volta das 7h30 daquela noite, eu estava na sala de cirurgia, para retirar meu apêndice", contou Ball. "Os médicos disseram que (o apêndice) já tinha rompido. Foi surpreendentemente grave".

"Quando voltei para casa, liguei para o Rahul e o agradeci muito - definitivamente eu devo algumas bebidas a ele", acrescentou Ball.

Diagnóstico difícil

Velineni, por sua vez, disse à BBC que o diagnóstico de apendicite frequentemente é difícil, mas achou que a atualização do status do amigo foi "estranha".

"Mas aí, uma luz acendeu na minha cabeça e eu tomei a decisão de entrar em contato com ele", disse o médico.

"Ainda bem que ele consultou um médico e os procedimentos começaram, pois ele tinha um (caso) difícil de apendicite".

No entanto, Velineni continua modesto em relação ao seu papel no diagnóstico.

''Acho que as pessoas na operação salvaram a vida dele - eu apenas o empurrei na direção certa".

Ball afirmou ainda que geralmente usa o Facebook só para manter contato com os amigos.

"Mas isto me mostrou que pode salvar vidas também", disse.

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições