Médicos ingleses propõem venda de comprimidospara baixar colesterol em redes de fast food

Médicos ingleses propõem venda de comprimidospara baixar colesterol em redes de fast food

Atualizado: Quarta-feira, 6 Outubro de 2010 as 8:49

Remédios seriam vendidos juntamente com a comida a R$ 0,15, sem prescrição médica

Na Inglaterra, médicos querem que as redes de fast food vendam comprimidos contra o colesterol. A proposta que pretende reduzir em até 50% o risco de problemas cardiovasculares na população, está provocando muita polêmica, pois sugere que o remédio seja vendido no balcão, junto com a comida.

O comprimido de estatina – substância usada para diminuir os níveis de colesterol do sangue - custaria R$ 0,15. Em Londres, onde as redes de fast food estão por toda parte, os consumidores não gostaram da ideia.

Alguns médicos cardiologistas também discordam. Eles sugerem que o remédio não resolve problemas de saúde causados pelo consumo excessivo de fast food, geralmente ricos em gordura. Eles ainda alertam para o perigo da falta de prescrição médica.

veja também