Medo de impotência afasta 10% dos homens de operação de próstata

Medo de impotência afasta 10% dos homens de operação de próstata

Atualizado: Quarta-feira, 25 Novembro de 2009 as 12

Um em cada 10 homens com diagnóstico de câncer de próstata recusa cirurgia com receio de ficar impotente. O número é resultado de levantamento do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo Octavio Frias de Oliveira (Icesp). O instituto recebe aproximadamente 200 pacientes com câncer de próstata por mês. Os 10% que recusam cirurgia recorrem a radioterapia ou bloqueio hormonal.

Pacientes com até 60 anos de idade têm cerca de 30% de chance de sofrer problema de disfunção sexual após a cirurgia. Com mais de 70, a probabilidade de impotência chega a 90%. Nesta situação, é possível recorrer a tratamentos com medicamentos de uso oral ou implante de prótese peniana.

?O tratamento apenas com radioterapia pode curar o câncer de próstata em estágio inicial, mas é muito mais demorado, com necessidade de mais de 30 sessões, além de apresentar efeitos colaterais como incontinência urinária, inflamação do reto e da bexiga e até mesmo impotência?, explica Marcos Francisco Dall?Oglio, médico responsável pelo ambulatório de urologia do Icesp.

Para evitar as complicações decorrentes do câncer de próstata, a recomendação é realizar periodicamente o exame de toque retal e a dosagem de PSA (Antígeno Prostático Específico) a partir dos 45 anos de idade. Quanto mais cedo for diagnosticado, maiores são as chances de cura do câncer de próstata.

O Icesp é ligado à Secretaria de Estado da Saúde e à Faculdade de Medicina da USP.

veja também