Mexa o corpo sem passar uma hora na esteira

Mexa o corpo sem passar uma hora na esteira

Atualizado: Terça-feira, 13 Setembro de 2011 as 11:18

Nosso corpo não foi feito para ficar parado, mas sim em movimento frequente. A boa notícia é que, para se movimentar, você não precisa passar horas e horas na academia - às vezes contra a própria vontade. Pesquisas científicas comprovaram que a queima calórica não associada ao exercício físico, mas ao movimento do dia a dia, também traz os mesmos benefícios à saúde.

"Muitas pessoas acreditam que se forem à academia praticar corrida ou bicicleta durante 50 minutos poderão comer o que quiserem e não engordar. Porém, a conta real pode ser injusta: uma barra de 100 gramas de chocolate tem por volta de 500 calorias, enquanto que uma hora de esteira gasta apenas 300 a 400 calorias, ou seja, a pessoa já está devendo", alerta o endocrinologista e clínico geral Filippo Pedrinola.

Portanto, de acordo com o clínico, é mais importante mexer o corpo o tempo todo do que apenas suar a camisa por um curto período e passar resto do dia sentado atrás de uma mesa. E opções para se movimentar não faltam. Veja o que o Filippo Pedrinola recomenda: 

Use as escadas em vez do elevador

É uma reação automática: ao entrar em um prédio, a primeira coisa que fazemos é apertar o botão do elevador - seja para subir até o primeiro ou até o vigésimo andar. Porém, essa é uma ótima oportunidade para se exercitar usando as escadas.

Para aqueles que trabalham ou moram em andares muito altos e veem nisso uma desculpa para usar o elevador, nada tema, pois há uma solução: desça dois ou três andares antes do que deveria e faça o resto do trajeto pelas escadas - simples, não?

Saia para almoçar ou fazer compras a pé

Tem gente que não consegue ir nem até a padaria sem pegar o carro, por costume ou preguiça. Porém, não custa nada deixar o veículo na garagem e ir a pé até o mercado comprar os itens fáceis de carregar - além de fazer bem à sua saúde, você evita o estresse do trânsito e ainda tira um carro da rua, melhorando o fluxo de veículos e a qualidade do ar.

Outro hábito comum é acionar um delivery e pedir para entregar a refeição no trabalho, quando se poderia ter ido até o restaurante caminhando. Ao fazer isso, você ainda aproveita para tomar um sol, importante para a síntese de vitamina D e para o seu corpo ter a percepção correta de dia e noite, regulando seus hormônios da maneira correta. 

Estacione o carro longe do local de trabalho

Aqui a lógica é a mesma das escadas: você já fez todo o trajeto de carro porque era longe, então que tal estacionar um pouco mais distante do seu destino e aproveitar a caminhada? Isso também vale para outros estabelecimentos, como restaurantes, parques ou até do elevador no estacionamento do shopping.

Para aqueles que andam de ônibus, a recomendação é a mesma - experimente descer um ou dois pontos antes do habitual e faça o restante do trajeto andando.

Vá até as pessoas para falar com elas

No ambiente de trabalho é muito comum usarmos o ramal do telefone para conversar com outros funcionários e resolver problemas simples. Nesse caso, por que não ir até a mesa do seu colega e resolver o problema pessoalmente?

Alongue-se de tempos em tempos

Nada pior do que ficar muito tempo sentado em uma posição pouco confortável. Por isso, sempre que você se levantar para conversar com alguém, ir ao banheiro ou tomar um café, alongue as pernas, braços e pescoço. Exercícios de respiração profunda também são amplamente recomendados. 

Invista em ginástica laboral

Para aqueles que realmente sofrem com a postura frente ao computador ou ficam estressados muito facilmente no trabalho, existe uma solução simples: a ginástica laboral. Ela é um tipo de atividade física desenvolvida para ser praticada durante o horário de trabalho, a fim de amenizar os impactos do sedentarismo e trazer uma nova fonte de bem-estar ao trabalhador.

Use um pedômetro (contador de passos)

Esse aparelho, capaz de registrar cada passo que você dá, pode ficar acoplado ao seu cinto e irá te ajudar a monitorar o quanto você está se movimento durante o dia. De acordo com o endocrinologista e clínico geral Filippo Pedrinola, dar menos do que 5.000 passos por dia é considerado sedentarismo. "O ideal seria dar 10.000 passos por dia, que equivale aproximadamente a 6 km, ou de 300 a 400 calorias", completa.

O pedômetro pode ser uma ótima estratégia para aqueles que detestam fazer ginástica ou "não tem tempo". O aparelhinho é vendido separado ou como aplicativo de IPods e celular smartphones. 

veja também