Ministério da Saúde vai ampliar vacinação contra a hepatite B

Ministério da Saúde vai ampliar vacinação contra a hepatite B

Atualizado: Quarta-feira, 28 Setembro de 2011 as 8:23

A partir de janeiro do ano que vem, o Ministério da Saúde vai disponibilizar a vacina contra a hepatite B para jovens com até 29 anos. A informação foi dada pelo médico infectologista do Programa Nacional de DST/Aids e Hepatites, Ronaldo Hallal, durante palestra no Congresso de Hepatologia, nesta terça, 29, em Salvador (BA).

Hoje a imunização é aplicada gratuitamente só para pessoas entre 1 e 24 anos, faixa etária que já foi ampliada no início deste ano. Até 2009, o corte etário era 19 anos.

Ano passado, além de ampliar a idade, outros grupos também foram contemplados na vacinação contra o vírus da hepatite B, como gestantes após o terceiro mês de gravidez, manicures, pedicures, podólogos, mulheres que fazem sexo com mulheres, travestis, portadores de doenças sexualmente transmissíveis e do sangue, além de populações de assentamentos e acampamentos.

  A hepatite B é uma doença viral, transmitida principalmente pela relação sexual desprotegida (sem camisinha) e pelo compartilhamento de objetos como alicates de unhas e seringas.

A partir do segundo semestre deste ano, o Ministério estuda também uma atualização no protocolo de atendimento e de imunização da hepatite B. O foco será coibir a transmissão vertical (durante a gestação) e a abordagem da doença no pré-natal.

“Até hoje não havia diretriz para este público específico. Há uma demanda emergencial do País em função do número de casos e atualmente não há uma recomendação para o teste de hepatite B em grávidas”, afirma Ronaldo Hallal.

veja também