Ministério libera verba de R$ 21 milhões para ampliação do Pré-Natal

Ministério libera verba de R$ 21 milhões para ampliação do Pré-Natal

Atualizado: Sexta-feira, 9 Novembro de 2012 as 8:16

 

O Ministério da Saúde autorizou a distribuição de verbas, de R$ 21 milhões, em parcela única, para 1.163 municípios, de 21 estados, ampliem a demanda e a qualidade dos exames realizados no pré-natal. O projeto estima atingir mais de 416 mil gestantes e melhorar as condições para testes e exames de gravidez.

Para a ampliação acontecer, foram destinados R$20.785 milhões, e aos novos testes de gravidez, aproximadamente RS 249,3 mil. Por meio da rede cegonha esse tipo de exame chegou no Sistema Único de Saúde (SUS), assim como os testes rápidos de sífilis e HIV.

Pré-Natal

Entre as ações previstas do componente pré-natal, está o acolhimento às intercorrências na gestação; acesso ao pré-natal de alto de risco; realização dos exames de pré-natal de risco habitual e de alto risco; acesso rápido aos resultados; vinculação da gestante - desde o pré-natal - ao local em que será realizado o parto; implementação de ações relacionados à saúde sexual e reprodutiva; além de prevenção e tratamento das DST/HIV/Aids e Hepatites.

Com a Rede Cegonha, já foi possível avançar no acesso às consultas de pré-natal. Em 2011, mais de 1,7 milhão de mulheres fizeram, no mínimo, sete consultas pré-natais.

Com informações de Ministério da Saúde

veja também