Moças, vocês estão com dificuldades de se concentrar? Ponham a culpa no estrogênio

Moças, vocês estão com dificuldades de se concentrar? Ponham a culpa no estrogênio

Atualizado: Quinta-feira, 30 Setembro de 2010 as 3:18

MONTREAL - Os altos níveis de estrogênio durante a ovulação das mulheres podem ser os grandes responsáveis por problemas de concentração, mostrou um estudo feito pelo Centro de Estudos de Comportamentos Neurobiológicos da Universidade de Concórdia, em Montreal, no Canadá, divulgado nesta quarta-feira. Os testes feitos com camundongos mostraram que os altos níveis de estrogênio levam a dificuldades para prestar atenção e aprender. Esta é a primeira vez que os especialistas provaram que a dificuldade de se concentrar estaria diretamente ligada a uma ação deste hormônio em determinada área do cérebro.

- Apesar de se saber que o estrogênio tem um papel importante na aprendizagem e na memória, não há um consenso sobre seus efeitos - disse o autor do estudo, Wayne Brake. - Agora, nossas descobertas mostram que os altos níveis de estrogênio inibem a habilidade cognitiva entre as fêmeas roedoras.

Os pesquisadores expuseram os ratos de forma repetitiva a um tom. Uma vez que os roedores se acostumavam a ele, outro estímulo era associado àquele tom. Os ratos com baixo nível de estrogênio rapidamente aprenderam o novo estímulo enquanto que os com alto nível do hormônio demoraram muito mais para memorizá-lo.

- Este comportamento só foi observado em roedores fêmeas e adultas - disse Brake. - Este estudo somado a outros mostra que o estrogênio afeta diretamente o cérebro, provavelmente interferindo em suas moléculas sinalizadoras.

MONTREAL - Os altos níveis de estrogênio durante a ovulação das mulheres podem ser os grandes responsáveis por problemas de concentração, mostrou um estudo feito pelo Centro de Estudos de Comportamentos Neurobiológicos da Universidade de Concórdia, em Montreal, no Canadá, divulgado nesta quarta-feira. Os testes feitos com camundongos mostraram que os altos níveis de estrogênio levam a dificuldades para prestar atenção e aprender. Esta é a primeira vez que os especialistas provaram que a dificuldade de se concentrar estaria diretamente ligada a uma ação deste hormônio em determinada área do cérebro.

- Apesar de se saber que o estrogênio tem um papel importante na aprendizagem e na memória, não há um consenso sobre seus efeitos - disse o autor do estudo, Wayne Brake. - Agora, nossas descobertas mostram que os altos níveis de estrogênio inibem a habilidade cognitiva entre as fêmeas roedoras.

Os pesquisadores expuseram os ratos de forma repetitiva a um tom. Uma vez que os roedores se acostumavam a ele, outro estímulo era associado àquele tom. Os ratos com baixo nível de estrogênio rapidamente aprenderam o novo estímulo enquanto que os com alto nível do hormônio demoraram muito mais para memorizá-lo.

- Este comportamento só foi observado em roedores fêmeas e adultas - disse Brake. - Este estudo somado a outros mostra que o estrogênio afeta diretamente o cérebro, provavelmente interferindo em suas moléculas sinalizadoras.

veja também