Morte por gripe suína é investigada no interior de SP

Morte por gripe suína é investigada no interior de SP

Atualizado: Quinta-feira, 13 Maio de 2010 as 8:34

A Secretaria de Saúde de São José do Rio Preto, a 451 km de São Paulo notificou o primeiro caso de morte causado pela influenza A (H1N1), mais conhecida como gripe suína. Outras seis pessoas contraíram a doença no município.

A morte de José Henrique da Silva, de 6 anos, está sendo investigada pelas autoridades policiais e sanitárias da cidade.

O primeiro laudo informava, na semana passada, que o menino morreu devido a uma pneumonia. Mas, após análise do Instituto Adolfo Lutz, a causa da morte foi confirmada como sendo pela gripe suína.

Antes de morrer, no dia 3 de maio, a criança passou por cinco atendimentos em unidades de urgência e emergência. Familiares do garoto passaram os dois últimos dias prestando depoimentos no 4º DP, onde confirmaram que o garoto foi medicado e liberado sem que os médicos pedissem exames para diagnosticar a doença.

O caso está sendo apurado por uma comissão de auditoria da Secretaria de Saúde de São José do Rio Preto e em sindicância aberta pela prefeitura, que prometeu punir os profissionais que porventura cometeram equívocos no atendimento ao garoto.

O delegado do 4º DP, Valdir Carvalho, espera receber nesta semana laudos e prontuários dos atendimentos para chamar os profissionais de saúde para depoimentos. Segundo o delegado, caso seja comprovada negligência ou irregularidade no atendimento ao garoto, os responsáveis serão indiciados por homicídio culposo, cuja pena pode chegar a três anos de prisão.

Após esse caso, a população do município desconfia da capacidade da cidade em diagnosticar a gripe. O coordenador de Vigilância Epidemiológica da cidade, Luciano Lourenção, reconhece essa dificuldade, mas afirma que o diagnóstico existe.

- Dentro do que hoje já se conhece sobre a doença, o serviço está preparado para atender essa demanda.

veja também