Muitos pacientes com câncer relutam em se exercitar e poucos discutem o assunto com seus oncologistas

Exercício ajuda na recuperação de pacientes com câncer

Atualizado: Quinta-feira, 30 Agosto de 2012 as 10

Muitos estudos mostram um que exercícios têm grandes poderes sobre o tratamento do câncer e de sua recuperação. Para os pacientes que passaram por tratamentos de câncer de mama ou cólon, o exercício regular foi apontado como principal fator para reduzir a recorrência da doença em até 50%.

Apesar disso, de acordo com um estudo da clínica Mayo e publicado noJournal of Pain and Symptom Management, muitos pacientes com câncer relutam em se exercitar e poucos discutem o assunto com seus oncologistas.
"Como médicos, sempre dizemos aos pacientes que o exercício é importante, mas ninguém havia estudado o que eles realmente sabem sobre isso, como eles se sentem em relação a isso e como fazem a escolha do melhor caminho", disse a autora do estudo Andrea Cheville.

O estudo faz parte de uma série de investigações que procuram explicar como a prática de exercícios entre os pacientes com câncer pode ser benéfica. Os pesquisadores descobriram que os pacientes que se exercitavam regularmente antes do diagnóstico eram mais propensos a manter a rotina do que aqueles que não o faziam. Atividades básicas como jardinagem, por exemplo, foram consideradas suficiente, mesmo com o fato de a maioria dos pacientes não perceberem que atividades diárias tendem a exigir o mínimo de esforço.

"A maioria não estava ciente de que a inatividade pode contribuir para o enfraquecimento do corpo e maior vulnerabilidade a problemas, incluindo sintomas de câncer", disse Andrea. Além disso, os pesquisadores descobriram que os pacientes levaram o conselho do exercício mais a sério quando ele vinha diretamente de seu oncologista.

"Geralmente os pacientes não recebem conselhos concretos sobre como o exercício pode ajudar a manter a funcionalidade e melhorar os resultados", acrescentou.
O exercício pode melhorar a mobilidade dos pacientes, permitindo-lhes desfrutar de atividades e evitar que eles fiquem isolados em suas casas. Ele pode contribuir para sentimentos gerais de força e segurança física, fadiga qualidade do sono.
Os pesquisadores planejam investigar a melhor forma de passar a mensagem sobre como o exercício é significativo para os pacientes para o alívio dos sintomas e agilidade na recuperação.

veja também