Mulheres que entram na menopausa mais velhas apresentam menos sintomas

Mulheres que entram na menopausa mais velhas apresentam menos sintomas

Atualizado: Segunda-feira, 18 Outubro de 2010 as 9:13

A média de idade para as brasileiras entrarem na menopausa é 48,1 anos e aquelas que param de menstruar dos 41 aos 45 anos têm mais sintomas acentuados (27,9%) do que as que param aos 55 anos (18,3%).

Isto é o que indica um estudo do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) com 6 mil mulheres durante 11 anos (de 1983 a 2004) para traçar o perfil da mulher na transição para a menopausa e na pós-menopausa.

Tanto os sintomas vasomotores, como ondas de calor e sudorese noturna, quanto nervosismo, melancolia, fraqueza, dor de cabeça, palpitação e formigamento aparecem na maioria das mulheres, mas são mais frequentes quanto mais precoce a idade da menopausa e tendem a desaparecer com o tempo.

A idade da ocorrência da menopausa está relacionada a fatores genéticos, mas também é influenciada pela etnia, tabagismo, altitude, fatores socioeconômicos, contraceptivos hormonais e nutrição.

Obesidade e hipertensão

A obesidade também foi um fator grave encontrado nas mulheres. Quase 70% delas possuíam sobrepeso ou obesidade e 81,5% tinham algum problema de saúde como hipertensão arterial (44,94%), diabetes (10,01%), tabagismo (8,39%), tireopatias – hiper ou hipotireoidismo - (7,07%), tumores malignos - (6,41%).

A pressão alta é uma das mais importantes doenças correlacionadas. Em 34,2% das pacientes acima de 55 anos a pressão arterial era igual ou superior a 141/91. Entre as mulheres obesas o número salta para 40,17%, enquanto apenas 15,06% das magras tinham os mesmos índices de hipertensão. “A prevalência da hipertensão arterial aumenta com a idade, desta forma, é importante que seja realizada uma vigilância destes índices em todas as mulheres climatéricas”, enfatiza a Dra. Angela Maggio da Fonseca, professora associada da FMUSP e coordenadora do estudo.

veja também