Mulheres respondem melhor à vacina da gripe do que homens

Mulheres respondem melhor à vacina da gripe do que homens

Atualizado: Quinta-feira, 23 Janeiro de 2014 as 3:01

Estudo realizado na Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, revelou que mulheres respondem melhor à vacina contra a gripe do que os homens. Já entre eles, quanto maior o nível de testosterona, menor é a resposta imunológica. Isso é devido 

altos níveis do hormônio masculino estão associados a um enfraquecimento do sistema imunológico.
 
"Homens não são tão resistentes como pensam. As mulheres são superiores", brinca Mark Davis, um dos autores do estudo e professor de imunologia da universidade.
 
vacina contra gripe (Foto: reprodução)O estudo é um importante passo para a compreensão das diferenças imunológicas entre homens e mulheres e de como elas podem impactar nos tratamentos.
 
Estudos epidemiológicos já haviam demonstrado que as mulheres são mais suscetíveis às doenças autoimunes, como lúpus, e os homens têm menos imunidade para infecções em geral.
 
"A gente percebe claramente que as doenças infecciosas são mais frequentes em homens. Desde as infecções de ouvido na infância até as pneumonias que demandam internações", diz o médico Renato Kfouri, presidente da Sociedade Brasileira de Imunizações.
 
O sistema imunológico dos homens também não responde com a mesma força que o das mulheres para as vacinas contra o sarampo, a hepatite e a febre amarela.
Mas os mecanismos envolvidos nesses fenômenos até então eram desconhecidos.
 
 
Com informações de: Folha de São Paulo

veja também