Nova técnica cria espécie híbrida com órgão de outro animal

Nova técnica cria espécie híbrida com órgão de outro animal

Atualizado: Segunda-feira, 27 Junho de 2011 as 10:14

Uma nova técnica que vem do Japão parece ter encontrado uma forma de injetar células-tronco embrionárias de um animal em outro para criar espécies híbridas, cujos órgãos poderiam ser usados em transplantes.

Há décadas que porcos são apontados como potencialmente capazes de gerar órgãos humanos para esse fim, mas não surgiu até agora nada nesse sentido.

A pesquisa é da equipe coordenada pelo professor Hiromitsu Nakauchi, diretor do departamento de medicina regenerativa e de biologia celular da Universidade de Tóquio, que apresentou seu trabalho durante a conferência anual da Sociedade Europeia de Genética Humana.

PROMISSOR

Os pesquisadores injetaram células-tronco de ratos geneticamente alteradas em embriões de camundongos.

Com isso, surgiram camundongos híbridos com pâncreas de ratos--órgão que produz hormônios como a insulina-- que cresceram até a fase adulta.

Na técnica chamada "complementação de blastócito" --célula embrionária em sua face inicial--, Nakauchi usou um tipo de células-tronco conhecidas como pluripotentes induzidas, que podem ser retiradas de um tecido qualquer e encorajadas a se desenvolverem em qualquer outro tipo de célula do corpo.

Se a técnica for desenvolvida para seres humanos, ela pode ser usada no tratamento de diabéticos. Os pacientes poderiam receber o transplante de um pâncreas novo.  

veja também