Número de transplantes em SP cresce 23% em 2010

Número de transplantes em SP cresce 23% em 2010

Atualizado: Terça-feira, 28 Setembro de 2010 as 9:41

O número de transplantes em São Paulo cresceu 23% em 2010. Para que mais vidas sejam salvas, o Hospital das Clínicas da capital faz uma campanha para atrair doadores. Nesta segunda-feira (27), comemora-se o Dia Nacional de Doação de Órgãos.

Depois de seis anos na fila, Francisco conseguiu um rim novo. O transplante trouxe de volta hábitos simples: "beber água. E vou continuar bebendo", disse o paciente. De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde, entre janeiro e 15 de setembro deste ano, foram 1.696 transplantes. No ano passado, no mesmo período, o número foi menor: 1.376.

Esse crescimento só foi possível porque a quantidade de doadores também aumentou. Foram 490 em 2009 – entre janeiro e 15 de setembro – e 635 no mesmo intervalo este ano, o que representa um aumento de 29,5%.

O médico Willian Nahas, chefe da unidade de transplante renal do HC, ressaltou a importância da doação. Segundo ele, um só transplante pode beneficiar até 15 pessoas.

O objetivo da campanha de doação esse ano é incentivar as pessoas a buscar informação sobre o tema e principalmente discutir o assunto em casa. Quando a intenção de doar é revelada em vida fica mais fácil para a família tomar uma decisão em um momento tão difícil.

Se a família não sabe qual era vontade do falecido em vida, ela fica em dúvida se doa ou se não doa. Por isso, é importante avisar os parentes da intenção de ser doador ou não.

veja também