O caminho é vir a ser um atleta

O caminho é vir a ser um atleta

Atualizado: Quarta-feira, 1 Fevereiro de 2006 as 12

Caroline Mager

[email protected]

Como regra geral todos os exercícios são bons, mas o corpo responde diferentemente para cada um deles. A eficiência depende muito do seu objetivo: dar forma a pontos específicos do corpo, produzir músculos ou melhorar sua proteção cardiovascular.

Procure escolher de acordo com sua personalidade e estilo de vida. Entre numa academia, ou se preferir, faça das suas atividades corriqueiras uma forma de praticar exercícios: ao invés de elevador, opte pela escada; vá ao supermercado ou padaria a pé; ligue o rádio e dance; ande de bicicleta e saia para caminhar com alguém especial.

Combine exercícios anaeróbicos e aeróbicos

Um atleta campeão de 100 metros consegue fazer o percurso em menos de 10 segundos. Mal dá tempo de respirar muito. Enfim, esse corredor não precisa tanto de oxigênio, e sim, de muita força nas pernas, ou seja, músculo. Esse exercício é chamado de anaeróbico. Exemplo: musculação.

Por outro lado, um atleta de longas distâncias precisa ter uma capacidade do coração e do pulmão muito boa. Como vai exercitar por muitas horas, não necessita de muito músculo, mas de muito oxigênio. Esse exercício é chamado aeróbico. Exemplos: natação, caminhada, corrida e bicicleta.

Conclusão: os exercícios anaeróbicos são muito bons para formar músculos e os aeróbicos para desenvolver a capacidade do coração e do pulmão, apesar de também formar músculos, sobretudo a natação, mas não tanto como os denominados exercícios localizados ou musculação. O ideal é combinar os dois tipos de atividades. Uma boa dica é fazer natação e musculação.

Se você deseja ter proteção cardiovascular, ande rápido, sem parar, todos os dias por 45 minutos. Os esportes coletivos e o tênis consomem muitas calorias e ajudam a perder peso, mas não oferecem forma corporal e desenvolvimento cardiovascular.  

E não basta combinar os tipos de exercícios. É preciso também repeti-lo com pequenos intervalos. Vá se acostumando aos poucos com o novo ritmo e aumente gradualmente a freqüência e intensidade das atividades. Respeite seus limites. Para alcançar o efeito almejado não é necessário ter dores musculares, nas costas ou no peito, nem falta de ar e tontura. Nesse caso, procure um especialista que indique a correta forma da atividade física.

Agora você já sabe que para ter um corpo escultural e saúde é preciso muita força de vontade e determinação. É necessário malhar muito. A verdade é que para se ter um corpo atlético, o caminho é vir a ser um atleta. No mínimo, amador.

Leia também

O caminho é vir a ser um atleta O seu desejo é ter boa forma e saúde? Então, mexa-se! Atividade física melhora sua saúde Inatividade física: um mal que interfere na sua qualidade de vida A terceira idade recupera o gosto pela atividade fisica Obesidade: um perigo real presente na vida da população  

veja também