O que é a obesidade?

O que é a obesidade?

Atualizado: Quarta-feira, 27 Janeiro de 2010 as 12

O que é

Ser obeso signifca ter uma quantidade de gordura tão grande em seu corpo, que isso coloca sua vida em risco. O excesso de gordura pode levar ao desenvolvimento de diabetes tipo 2, doenças do coração, pressão alta, artrite, apnéia e derrame. Por causa do risco envolvido, é bom que você perca peso mesmo que não esteja se sentindo mal agora. É difícil mudar seus hábitos alimentares e fazer exercícios. Mas, se você planejar, pode conseguir.

Como posso saber se sou obeso?

Você pode usar uma medida chamada Índice de Massa Corpórea (IMC) para verificar se o seu peso está num nível perigoso para sua saúde. O IMC é uma combinação de altura e peso. Se você tem um IMC maior do que 30, seu peso extra coloca sua saúde em risco.

O lugar onde você concentra a gordura pode ser tão importante quanto o peso em si. Pessoas com gordura localizada na barriga, mais do que nos quadris, têm maior propensão a ter problemas de saúde. Nas mulheres, uma cintura de 89 cm aumenta a chance de doenças. Nos homens, o equivalente seria uma cintura de 100 cm. Nas pessoas asiáticas, os problemas começam a surgir  com uma cintura menor, de 80 cm para mulheres, e de 90 para homens.

O que causa a obesidade?

Quando você ingere mais calorias do que gasta, você ganha peso. O que você come e as atividades que você faz ao longo do dia influenciam nisso. Se seus familiares são obesos, você tem mais chances de também ser. Além disso, a família também ajuda na formação dos hábitos alimentares. A vida corrida também torna mais difícil planejar refeições e fazer alimentações saudáveis. Para muitos, é mais fácil comprar comidas prontas e comer fora. Não há soluções de curto prazo para a obesidade. O segredo para perder peso é ingerir menos calorias do que você gasta.

Já tentei várias dietas, mas sempre recupero o peso depois. O que fazer?

Foque na saúde, não em dietas

As dietas são mais difíceis de se manter e normalmente não funcionam a longo prazo. É duro se manter numa dieta que inclui mudanças muito radicais nos seus hábitos alimentares. Em vez de uma dieta, foque em mudanças no estilo de vida que melhorarão sua saúde e o ajudarão a encontrar o equilíbrio. Pequenos passos podem significar muito. Perder cerca de 4,5 kg pode fazer uma grande diferença na sua vida.

Faça um plano de mudanças

Trabalhe com seu médico para desenvolver um plano de trabalho. Peça a amigos e familiares que te ajudem a se manter na meta. Seu médico também pode indicar uma dieta para facilitar a montagem de um cardápio. Quando você se desviar do programa, não se zangue. Descubra o que fez você fugir dele e como você pode consertar isso.

Como posso me manter no programa, mudando meus hábitos?

É difícil mudar hábitos. Mas você precisa ser firme. Tenha certeza de que essa é a hora para você. Você está pronto para encontrar as mudanças? Tem o apoio de familiares e amigos? Sabe quais são os primeiros passos. Ser saudável é um projeto para a vida toda. A maioria das pessoas tem mais sucesso quando faz pequenas mudanças. Um passo de cada vez. Pesquisas mostram que quem fica de olho naquilo que come se dá melhor na perda de peso. Mantenha um caderno onde você pode escrever tudo aquilo que você come e bebe todos os dias. Você pode se surpreender com o tanto que está comendo e bebendo. Uma calculadora de calorias também pode ser útil. Da mesma forma, veja quantas calorias gastou com as atividades físicas que realizou.

É possível tomar remédios ou fazer uma cirurgia?

Cirurgia e remédios não fazem nada sozinhos. A maioria das pessoas precisa também de mudanças nos hábitos alimentares e nos exercícios físicos. Antes que o médico prescreva remédios ou cirurgias, ele provavelmente lhe dará uma dieta de umas seis semanas. E mesmo depois dos remédios e da cirurgia, você precisará adotar novos hábitos alimentares para o resto da vida.

veja também