OMS recomenda que pacientes de risco tomem a vacina contra a H1N1

OMS recomenda que pacientes de risco tomem a vacina contra a H1N1

Atualizado: Sexta-feira, 13 Novembro de 2009 as 12

Os médicos devem administrar rapidamente os antivirais nos países dos grupos de risco para evitar o desenvolvimento de doenças graves, indicou nesta quinta-feira, dia 12, a OMS (Organização Mundial da Saúde).

- As mulheres grávidas, as crianças menores de dois anos e os indivíduos que sofrem de doenças subjacentes são as três categorias com maior risco e devem ser tratadas com antivirais o quanto antes possível quando tiverem sintomas da gripe, afirmou o dr. Niki Shindo, da OMS, em coletiva de imprensa.

Na ordem de prioridade continuam as pessoas que registram um rápido agravamento dos sintomas como dificuades respiratórias ou febre alta durante mais de três dias, assim como indivíduos que sofrem de pneumonia, que devem, além disso, receber antibióticos, afirmou Shindo.

No entanto, o dr. Shindo insistiu que uma grande maioria de casos de gripe H1N1 são suaves e que as pessoas podem se curar em alguns dias sem qualquer tratamento ou hospitalização.

A OMS não recomenda que as pessoas em bom estado de saúde recebam antivirais de forma preventiva, segundo ainda Shindo.

Desde seu aparicimento há sete meses, a gripe H1N1 causou a morte de pelo enos 6.071 pessoas, segundo o último balanço da OMS difundido no último dia 6.

veja também