OMS registra 6.250 mortes por gripe suína no mundo

OMS registra 6.250 mortes por gripe suína no mundo

Atualizado: Segunda-feira, 16 Novembro de 2009 as 12

O número de mortes pela gripe suína pandêmica H1N1 chegou a 6.250, ou seja, mais 179 mortos (alta de 2,94%) em uma semana, um aumento mais lento que da semana anterior, segundo balanço mais recente da OMS (Organização Mundial da Saúde) publicado nesta sexta-feira, dia 13.

O número de mortos vítimas da gripe ficou em 6.250 em 8 de novembro em 206 países e territórios do planeta, segundo a OMS. Seu último balanço, de 6 de novembro, mostrou um aumento de 6,5% do número de mortes em uma semana, ou seja, ao menos 6.071 mortes

- Na Europa e na Ásia central, a transmissão da gripe continua aumentando em todo continente a medida que a atividade pandêmica se expande para o leste, explicou a OMS.

A região Europa registrou ao menos 300 mortes no total, ou seja, o mesmo que no balanço mais recente da OMS. A Ásia-Pacífico registrou 1.194 mortos (35 mortes a mais).

O continente americano contabiliza o maior número de vítimas, com 4.512 mortes (+113).

O vírus H1N1 infectou ao menos 503.536 pessoas no mundo, segundo os dados mais recentes da OMS, que destacou que este número é bastante inferior à realidade, porque inúmeros países não contabilizam mais todos os casos.

veja também