Orientação pela internet não tem garantia de sigilo

Orientação pela internet não tem garantia de sigilo

Atualizado: Sexta-feira, 3 Junho de 2011 as 11:36

Não há como psicólogos ou pacientes garantirem o sigilo ao usar e-mails, MSN e Skype para fazer orientação psicológica, afirma Fábio Leto Biolo, presidente da Associação Brasileira de Segurança da Informação.

"A forma mais segura é a utilização de e-mails com certificado digital ou criptografia", afirma.

Programas como MSN ou Skype são baseados em um servidor central, e as conversas podem ser interceptadas por qualquer pessoa.

Hoje, há programas vendidos legalmente para captar mensagens de comunicação instantânea.

"Há empresas que usam esses programas para fiscalizar o uso de mensageiros instantâneos por seus funcionários, o que é permitido desde que eles sejam informados", diz o especialista.

Biolo afirma ainda que um chat próprio do site aumenta a segurança, mas também não pode garantir 100% o sigilo.

Muitos psicólogos afirmam em seus sites que os pacientes devem estar cientes de que esse tipo de serviço é vulnerável.    

veja também