Pacientes com artrite reumatóide que se exercitam têm menos dor

Pacientes com artrite reumatóide que se exercitam têm menos dor

Atualizado: Quarta-feira, 12 Janeiro de 2011 as 9:05

Segundo o Colégio Americano de Reumatologia, pacientes com artrite reumatóide que se exercitam regularmente, têm menos dor, mais energia e melhora no sono.

A doença é uma das mais relacionadas à inatividade, pois, de acordo com o reumatologista Sergio Bontempi Lanzotti, diretor do Iredo (Instituto de Reumatologia e Doenças Osteoarticulares), os pacientes têm medo de dores articulares ou de ferimentos.

O exercício é parte importante do tratamento porque ajuda a aliviar as dores da doença reumática. “Iniciar os exercícios lentamente, com intensidade reduzida, irá permitir que o paciente adote com mais facilidade um plano de exercícios bem-sucedido, que irá beneficiar a sua artrite e a sua saúde geral", observa o diretor do Iredo.

“A diminuição da tolerância à dor, a fraqueza muscular, a rigidez articular e a falta de equilíbrio, comum a muitas formas de artrite, podem ser agravadas pela falta de exercícios físicos”, destaca Lanzotti.

veja também