Pais estressados, filhos asmáticos

Pais estressados, filhos asmáticos

Atualizado: Terça-feira, 27 Outubro de 2009 as 12

Ter pais estressados, aliado a outros fatores socioeconômicos, faz com que as crianças tenham mais chances de apresentar asma. Esse é o resultado de um estudo da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, publicado, em julho, no ?Proceedings of the National Academy of Sciences?.

?Não é que o estresse cause asma, mas sim que ele aumenta a incidência dos sintomas em quem já é asmático. Afinal, a asma possui forte componente emocional?, garante o doutor João Carlos Corrêa, presidente da Associação Brasileira de Asmáticos (Abra).

Os pesquisadores acompanharam, durante 3 anos, 2.497 crianças, de 5 a 9 anos, com histórico de asma. Destas, 120 desenvolveram a doença. Depois, foram analisados, por meio de questionários, fatores de risco como exposição ao ar poluído, e também educação, renda familiar e níveis de estresse dos pais.

O resultado é que, mesmo havendo maior probabilidade de asma entre crianças expostas a poluição, as chances da doença aumentam ainda mais para aquelas com pais que descrevem o estresse em casa como ?incontrolável e esmagador?.

O estudo complementa pesquisas anteriores, que apontaram que mulheres estressadas na gravidez também elevavam as chances de filhos com asma ou outras alergias.

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também