Papel higiênico e absorvente perfumados podem irritar a pele

Papel higiênico e absorvente perfumados podem irritar a pele

Atualizado: Quarta-feira, 19 Outubro de 2011 as 8:13

Perfumes estão presentes em todos os momentos da vida da mulher. Seja na borrifada da colônia antes de sair de casa, no cosmético logo depois do banho e até mesmo na aplicação da maquiagem. E a “mania” por cheiro chegou aos produtos ligados à higiene feminina. O que poucas sabem, no entanto, é o perigo escondido em calcinhas, absorventes e protetores de calcinhas com fragrância.

Algumas mulheres têm a pele da região da vagina mais sensível. Para elas, principalmente, produtos de uso íntimo com cheiro e cor podem desencadear alergias. Mas a indicação é estendida a todas as mulheres, alerta Washington Amorin, professor da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).  

“Sabonetes, absorventes, papel higiênico e protetores de calcinhas perfumados abrem caminho para alergia na região íntima”, garante. Por isso, o ideal é usar produtos sem perfume, já que a ação de substâncias pode causar ardor, alergias, coceira, fissuras externas e até mesmo dor na relação sexual.

Antes de chegarem às consumidoras, os produtos usados para higiene genital são normalmente testados dermatologicamente pelas indústrias. Mas é preciso ficar atenta, pois o uso constante causa irritação, principalmente em mulheres com dermatite ou vulvite, alertam os especialistas da Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (FEBRASGO), que criaram o 1º Guia de Conduta Sobre Higiene Genital Feminina.

Uso diário é pior

Protetores de calcinhas representam um verdadeiro perigo. Corrimentos e infecções podem se tornar comum com o uso diário, pois além de deixar o local excessivamente quente e úmido, ideal para a proliferação de fungos, as coceiras aparecem em consequência do perfume. O mesmo se aplica para a nova sensação do mercado de lingeries: as calcinhas com cheiro.

Dores ao urinar e na relação sexual são comuns em adeptas ao uso de absorventes e papel higiênico perfumados.  

A tinta pode agredir a mucosa vaginal e irritá-la. O ideal é optar pelo uso de material branco e sem perfume. Além disso, para a higiene da região, nada de desodorante íntimo, especialistas indicam a higienização apenas com água e sabonete íntimo. A dica é deixar os perfumes para outras partes do corpo e tratar a região com muita delicadeza para tê-la sempre saudável.

veja também