Pará registra 29 mortes causadas pela gripe suína

Pará registra 29 mortes causadas pela gripe suína

Atualizado: Sexta-feira, 23 Abril de 2010 as 12

O Pará registrou, na última semana, mais um caso de morte provocada pela influenza A (H1N1) - conhecida por gripe suína. Com isso, o número de mortes causadas pela doença este ano no Estado subiu para 29, segundo boletim divulgado nesta quarta-feira (21) pela Secretaria de Estado e Saúde Pública do Estado (Sespa).

Dos 624 casos com suspeita de síndrome respiratória aguda grave este ano, 219 tiveram a confirmação de infecção pelo vírus Influenza H1N1, que causa a doença. A capital, Belém, registra o maior número de mortes: cinco.

Apenas os trabalhadores de saúde do Pará têm 100% de índice de vacinação. Os indígenas que vivem em aldeias são o grupo prioritário com a segunda maior taxa: 82%. Em seguida estão as crianças com menos de 2 anos, com 74%, e as gestantes, com 60%. Os portadores de doenças crônicas e os adultos entre 20 e 29 anos têm as menores taxas: 45% e 41%, respectivamente. A meta do Ministério da Saúde é vacinar pelo menos 80% de cada um dos grupos.

Esta sexta-feira (23) é o último dia para que a população entre 20 e 29 anos, crianças entre seis meses e dois anos e doentes crônicos com menos de 60 anos recebam a vacina contra a doença. O próximo grupo a ser imunizado é o de idosos com doenças crônicas, cuja imunização começa sábado (24). As gestantes poderão continuar se vacinando nas demais etapas da campanha.

Segundo o Ministério da Saúde, cerca de 32 milhões de pessoas já foram vacinadas em todo o país, um valor pouco maior a 50% do público-alvo convocado para a vacinação até agora.

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também