Páscoa: coma chocolate de olho na saúde!

Páscoa: coma chocolate de olho na saúde!

Atualizado: Quarta-feira, 19 Março de 2008 as 12

Com a proximidade da Páscoa, é inevitável lembrar dessa guloseima tão apreciada: o chocolate! Quem está acima do peso deve saboreá-lo com moderação, mas já sabemos que o segredo está no consumo adequado e não na restrição total do alimento.

Lembramos que chocolate faz bem à saúde. Pesquisa recente, realizada na Cornell University (Nova York) constatou que uma caneca de chocolate quente fornece o dobro de antioxidantes que um copo de vinho tinto. Por isso, essa bebida tem ação neutralizadora de radicais livres, o que evita o desgaste prematuro das células, previne o envelhecimento pela ação dos antioxidantes.

Entre os benefícios do chocolate, o mais conhecido é o que faz dele uma paixão para tantas pessoas: a capacidade de fornecer energia e de causar uma sensação de bem estar. Isso porque o cacau, principal componente do chocolate, estimula a produção de serotonina e de endorfina, hormônios responsáveis pela sensação de forma quase imediata.

Quando você sentir uma incrível sensação de prazer ao saborear um chocolate, saiba que são essas substâncias agindo em seu organismo e esse efeito é muito rápido, pois uma parte é absorvida ainda na boca.

Como disse anteriormente, precisamos comer chocolate com moderação, já que o consumo abusivo pode ser nocivo à saúde. Representa um alto teor de açúcar e é rico em gorduras, principalmente no caso do chocolate branco, mais gorduroso, o que favorece o aparecimento de acne e espinhas notadamente nos adolescentes que já possuem uma alteração hormonal própria.

Prefira o chocolate amargo (maior teor de antioxidantes) que tem menor teor de açúcar e faz bem ao coração, além de ajudar no controle da pressão arterial, ansiedade, depressão, entre outros problemas.

Dicas importantes:

Controle a vontade irresistível de comer todo o chocolate de uma vez. Separe diversas porções do tamanho de um bombom (30 gramas) e consuma no lugar de sua sobremesa de almoço, conseqüentemente, com muita salada na refeição. Não confunda: diet não quer dizer menos calórico. Apesar de possuir adoçante, em geral, esse tipo de chocolate contém um teor maior de gordura, ou seja, a versão que deveria ser mais leve pode se tornar ainda mais calórica do que a tradicional. Chocolate diet é indicado apenas para pessoas diabéticas. Quando se tem muitos ovos de chocolate na geladeira fica difícil não exagerar. Por isso, o ideal é consumir nas sobremesas, mas, se for consumir fora das sobremesas, coma uma fruta rica em fibras antes, para diminuir ou retardar a absorção. Coma em menor quantidade. Deixe o chocolate "derreter" na boca, assim a ação da enzima na saliva fará com que a absorção já inicie na boca e nos saciaremos com quantidade menor.  

Postado por: Claudia Moraes

veja também