Pesquisa aponta o perfil dos pacientes hipertensos

Pesquisa aponta o perfil dos pacientes hipertensos

Atualizado: Terça-feira, 27 Outubro de 2009 as 12

Levantamento realizado tendo como base os prontuários de 537 pacientes atendidos Ambulatório Multidisciplinar de Hipertensão Arterial do Hospital Ipiranga, unidade da Secretaria de Estado da Saúde, mostra que índice de massa corporal acima do recomendado é o principal fator de risco entre pacientes que sofrem de hipertensão arterial. Foram analisados os prontuários de pacientes atendidos entre março de 2006 e maio de 2009.

Dos prontuários avaliados, o índice de massa corporal (IMC) apresentou-se em sobrepeso em 34% dos casos de ambos os sexos e 39% apresentavam índice de obesidade. Os resultados mostram que a maior parte dos pacientes estudados encontrava-se na faixa etária de 51 a 60 anos (31,7%). Entre os pacientes atendidos, houve maior prevalência do sexo feminino (63,1%).

Os resultados demonstram que, apesar de a maioria dos pacientes freqüentar regularmente o ambulatório, foram altos os percentuais de sedentarismo, sobrepeso e obesidade como os principais fatores de risco associados para hipertensão hospitalar. A hipertensão arterial é um fator de risco para doença coronariana, doença cerebrovascular, doença vascular periférica, insuficiência cardíaca e doença renal crônica.

Caminhada

Para alertar sobre os riscos da hipertensão arterial, o Ambulatório Multidisciplinar de Hipertensão Arterial do Hospital Ipiranga promove neste domingo, 25 de outubro, às 8h, a 7ª Caminhada para o Combate e Prevenção da Hipertensão Arterial. O ponto de partida será em frente às escadarias do Museu Paulista, no Parque da Independência. Qualquer pessoa pode participar da caminhada, basta comparecer no local com 30 minutos de antecedência.

O objetivo da caminhada é alertar a população sobre os riscos da hipertensão arterial para a saúde e incentivar o exercício físico para o combate e prevenção da doença. Os organizadores contarão com uma equipe de apoio formada por médicos, enfermeiros, psicólogos, nutricionistas, fisioterapeutas e professores de educação física.

veja também