Pesquisa aponta que vinho tinto é um benefício para previnir a perda auditiva

Vinho tinto previne perda da audição

Atualizado: Quarta-feira, 27 Fevereiro de 2013 as 11:18

Muitos ficam com receio de beber uma taça de vinho tinto no almoço ou jantar. Pelo contrário. Mais um benefício do vinho é revelado. Segundo pesquisa do Hospital Henry Ford, o vinho tinto previni a perda auditiva, além de estar relacionado com a menor probabilidade de câncer, doenças cardíacas, demência e envelhecimento.

Cientistas testaram ratos saudáveis, dando resveratol, substância encontrada em uvas vermelhas e vinho tinto. Depois, os expuseram a um ruído alto por longo período. Constatou-se que a substância reduziu a perda auditiva induzida pelo ruído.

“O resveratrol é uma substância química muito poderosa que parece proteger contra o processo inflamatório do organismo, que se refere ao envelhecimento, cognição (função cerebral) e perda de audição”, disse o líder do estudo, Michael Seidman.

Um consumo aproximado de 250 mililitros (um terço de uma garrafa normal) diário para os homens e de 200 mililitros para as mulheres.
 
Para se beneficiar do resveratrol, cerca de 150 mililitros diários são suficientes, consumidos com regularidade.

Procure se consultar com o médico para estabelecer se você pode beber vinho e qual a melhor quantidade para sua condição física.

 

 

Com informações de: Terra

veja também