Pesquisadores criam método para lembrar de tomar remédio

Pesquisadores criam método para lembrar de tomar remédio

Atualizado: Quarta-feira, 31 Março de 2010 as 12

Um estudo do Departamento de Psicologia da Universidade da Carolina do Norte descobriu que mudanças de comportamento na rotina têm efeito significativo para lembrarmos de tomar os medicamentos que nos são necessários. Mas essas mudanças são diferentes entre adultos e jovens.

Segundo o psicólogo Shevaun Neupert, professor assistente e autor do estudo, "este é o primeiro estudo em que se vê o quanto o fato de ser mais ou menos ocupado afeta na habilidade de se lembrar sobre os medicamentos que devem ser tomados e o quanto afeta de maneira diferente grupos de diferentes faixas etárias".

- Por exemplo, entre os jovens a melhor maneira de lembrar de tomar a medicação é em dias que eles estão mais ocupados do que o normal. Mas em pessoas mais velhas, é melhor lembrar de sua medicação em dias em que estão menos ocupados.

Participaram do estudo pessoas divididas em dois grupos: pessoas com idades entre 18 e 20 anos e outros entre 60 e 89 anos; todos que tomam remédios.

Para ambos os grupos, os pesquisadores descobriram que os participantes lembraram de tomar a medicação em dias que tiveram passaram por testes cognitivos que avaliaram sua memória ou pensamento crítico.

- Nós percebemos que o fator cognitivo é importante para lembrar da medicação, mas o quão ocupado a pessoa é também.

Para o autor do estudo, a pesquisa deixa claro o quanto é importante o jovem manter-se ocupado e ativo, pois isso o fará lembrar com mais facilidade de tomar remédios que precise. Da mesma forma que entre os adultos mais velhos precisam ser mais vigilantes sobre sua medicação em dias que estão mais ocupados do que o normal para não se esquecerem de tomar.

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também