Polícia apreende R$ 15 milhões em medicamentos irregulares em Aracaju (SE)

Polícia apreende R$ 15 milhões em medicamentos irregulares em Aracaju (SE)

Atualizado: Quinta-feira, 1 Outubro de 2009 as 12

Cerca de R$ 15 milhões de medicamentos foram apreendidos, nesta quarta-feira, 30 de setembro, em Aracaju (SE). O produto estava com a documentação irregular em dois galpões de uma distribuidora e seria destinado ao mercado baiano. Os estabelecimentos foram interditados por não cumprimento de normas da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Funcionários da Receita Federal da Bahia e da Anvisa, além de policiais rodoviários federais de três estados, participaram da operação.

A fiscalização à distribuidora de remédios teve início num galpão onde os fiscais da Anvisa encontraram irregularidades no armazenamento dos produtos. Em seguida, as equipes foram para outro galpão da empresa, onde toneladas de remédios que, de acordo com a Anvisa, estavam expostos a várias situações de insalubridade.

"Têm caixas abertas e mofadas. Os medicamentos quando são submetidos a elevadas temperaturas podem perder a eficácia do princípio ativo e não fazer efeito", disse João Roberto Castro, fiscal da Anvisa.

Entre os medicamentos, estavam antibióticos, xaropes e antiflamatórios, a maior parte para crianças. A suspeita de irregularidades teve início quando a PRF da Bahia fez várias apreensões de medicamentos sem notas fiscais, inclusive remédios controlados.

O auditor da Receita Federal da Bahia, que participou da fiscalização, disse que todo o material fiscal e contábil será avaliado. O proprietário da distribuidora reconheceu as péssimas condições dos galpões, mas nega crime fiscal.

veja também