Portadores de HIV protestam nesta quarta-feira por falta de remédios

Portadores de HIV protestam nesta quarta-feira por falta de remédios

Atualizado: Terça-feira, 27 Abril de 2010 as 12

Portadores de HIV e representantes de ONGs vão realizar nesta quarta-feira (27) um protesto contra a falta de remédios na rede pública para o tratamento da doença. A manifestação, batizada de "Tolerância Zero", ocorrerá em sete Estados. Em São Paulo, os protestantes estarão a partir das 10 horas da manhã em frente à Secretária Estadual de Saúde, no bairro de Cerqueira César. No Rio de Janeiro, em Porto Alegre, São Luís, Recife, Fortaleza e João Pessoa também ocorrerão protestos.

Segundo a organização Forum ONG Aids de São Paulo, desde dezembro de 2009 ocorre o desabastecimento do antiviral Abacavir, usado por cerca de 3.700 pacientes. De acordo com o Departamento de Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST), Aids e Hepatites Virais, o desabastecimento ocorre por uma dificuldade do governo na aquisição do remédio.

Desde então, o programa aconselhou que médicos substituíssem temporariamente a indicação do remédio até que a situação se normalizasse, o que estava previsto para fevereiro. No entanto, além do abastecimento não ter se normalizado até agora, segundo a ONG, muitos pacientes, por decisão conjunta com seus médicos, não concordam em substituir um tratamento que está sendo eficaz.

Os portadores de HIV também sentiram falta, no último mês, do lamivudina, também um dos medicamentos do coquetel para o tratamento da Aids, o que levou o Programa do Estado de São Paulo contra Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST) a fracionar comprimidos e a remanejar medicamentos para atender os ambulatórios estaduais.

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também