Pratique exercícios físicos durante a TPM e alivie seus sintomas

Pratique exercícios físicos durante a TPM e alivie seus sintomas

Atualizado: Segunda-feira, 29 Agosto de 2011 as 12:59

  O mau humor, as cólicas e o inchaço da TPM   costumam desanimar até mesmo a mais exímia esportista. No entanto, fazer um esforço a mais para continuar os exercícios pode ser muito benéfico: trabalhos científicos mostram que a prática de atividade física ajuda a atenuar os sintomas dessa fase do ciclo menstrual.  

Um deles, realizado pela   University of British Columbia , no Canadá, submeteu oito mulheres a corridas de, aproximadamente, 20 km semanais. Depois de seis meses, todas elas relataram menores episódios de dores na mama e irritabilidade na semana que antecede a menstruação. "Esses benefícios ocorrem porque o exercício físico gera um aumento da taxa metabólica e favorece a circulação sanguínea. Consequentemente, há uma otimização do transporte de oxigênio e nutrientes essenciais, melhorando, assim, todas as funções vitais", justifica Emerson Bisan, personal trainer e diretor da Nova Equipe Assessoria Esportiva.  

Outra explicação para a melhoria é a liberação de hormônios proporcionada pela atividade física, principalmente a endorfina - hormônio diretamente ligado à sensação de prazer. Mesmo na hora do alongamento, esse hormônio entra em ação, já proporcionando o bem-estar.  

  Mas, e as cólicas?

Quando a cólica ataca, muitas vezes, a última vontade é de se mexer com exercícios. Mas saiba que exercitar, em especial, a região pélvica, proporciona alívio para as dores abdominais. A educadora física Roberta Mateus Calado Bacarin, da academia Contours, em São Paulo, afirma que fortalecer o abdômen é uma boa saída.  

Roberta ensina um exercício, que será feito com o apoio de uma bola de pilates ou estepe. Deite em um colchonete e apóie os pés na bola ou no estepe. Em seguida, eleve os quadris - tirando o bumbum do chão, mas mantendo as costas apoiadas. "Esse exercício alonga a região da pélvis. Ele também faz contração de glúteos e alongamento da parte abdominal", explica a educadora física.  

Dê um "chega pra lá" no mau humor, ansiedade e vontade de comer doces

Nesse período do ciclo menstrual, também é comum que ansiedade, tristeza e mau humor assolem a mente feminina. Para aliviar esses fenômenos, invista em atividades que a relaxem. "No caso da ansiedade, angústia e mau humor, são recomendadas atividades de relaxamento dos músculos e da mente, como ioga, alongamento, técnicas de meditação   e respiração", aconselha Emerson.  

  Se o objetivo é reduzir a voracidade por doces, continua o personal trainer, invista em atividades aeróbicas, que, além de liberarem endorfina, reduzem o cortisol, hormônio relacionado ao estresse - que pode incentivar o desejo por guloseimas. A endorfina, por estabilizar os níveis de glicose no sangue, ajudará a diminuir a vontade de abocanhar doçuras. "A corrida   é muito indicada, desde que moderada", aconselha Roberta.  

O inchaço também é uma constante de muitas mulheres durante esse período e, com ele, as dores nos seios. Para resolver esse problema, Roberta Bacarin também indica exercícios aeróbicos. Uma boa opção é a cama elástica ou estepe, que movimentam o corpo. "É como se o líquido retido circulasse. A circulação melhora, aumenta a pressão dentro do corpo e, com isso, há liberação do líquido", explica a educadora física.  

Agora, se o seu problema for com as dores de cabeça, o melhor a ser feito é pegar mais leve. Exercícios mais intensos aumentarão a circulação e a pressão arterial, ocasionando a piora da dor. Por isso, respeite os seus limites.  

Para aquelas que já praticam atividades físicas, a adaptação pode ficar mais fácil. "Em alguns casos, basta reduzir a intensidade e o volume de sua atividade habitual para melhorar os sintomas", sugere Emerson.  

Também vale lembrar que as melhoras, segundo a educadora física Roberta, são gradativas. Ou seja, elas irão desaparecendo aos poucos, a cada ciclo, de acordo com o seu empenho em se mexer. 

veja também