Quanto menos exposição a sons altos, melhor para a audição

Quanto menos exposição a sons altos, melhor para a audição

Atualizado: Sexta-feira, 7 Dezembro de 2012 as 10:58

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Celebrar a entrada de um novo ano é sempre divertido e quanto mais barulho de fogos de artificio, música alta, melhor. Mas cuidado, porque as consequências chegam. Expor a audição à esse tipo de ambiente, poderá levar a surdez.
 
De acordo com a fonoaudióloga Isabela Gomes, da Telex Soluções Auditivas, expor-se a sons intensos é a segunda causa mais comum da deficiência auditiva. Manter-se afastado de carros de som, fogos de artificio e caixas de som nas festas, evita que a audição sofra algum dano. Ela ressalta que a exposição da audição de pelo menos meia hora à sons elevados, seja em ambientes fechados, ruas e micaretas, podem levar a perda gradual da audição.
 
Para aqueles que têm o hábito de frequentar casas de show, boates e baladas onde o volume do som é elevado, também estão sujeitos a desenvolver a surdez precoce. A pessoa pode não perceber de imediato que esta com problema de audição, mas principalmente quando a idade for mais adulta, a preocupação é ainda maior.
 
É importante prevenir-se e se consultar uma vez por ano com o especialista da audição, o otorrinolaringologista, para avaliar se há alguma perda ou complicação e se existe a necessidade de solicitar exames específicos.
 
 
 
Com informações de: Assessoria de imprensa da Telex Soluções Auditivas

veja também