Radioterapia mais curta também é eficaz contra câncer de mama, aponta estudo

Radioterapia mais curta também é eficaz contra câncer de mama, aponta estudo

Atualizado: Sexta-feira, 12 Fevereiro de 2010 as 12

No title Uma radioterapia intensiva durante três semanas é tão eficaz e segura entre mulheres com câncer de mama detectado precocemente quanto os tratamentos radiológicos habituais de cinco semanas, indicou um estudo clínico realizado no Canadá e publicado nesta quarta-feira (10) nos Estados Unidos.

As mulheres submetidas à radioterapia mais curta são expostas a um risco menor de reincidência do câncer até 12 anos depois do tratamento, além de sofrerem menos efeitos colaterais, explicou Tim Whelan, oncologista da Faculdade de Medicina da Universidade McMaster em Ontario (Canadá), o principal autor da pesquisa.

Acima de tudo, é tão eficaz quanto uma radioterapia padrão de cinco semanas, após a extirpação cirúrgica do tumor, acrescentou.

A conclusão da pesquisa modificarão as práticas médicas atuais para o tratamento do câncer de mama nos primeiros estágios da doença, tanto no Canadá quanto em toda a América do Norte e no mundo, estimou Whelan.

Os resultados serão publicados no New England Journal of Medicine desta quinta-feira (11) , e são objeto de uma apresentação na conferência da American Society for Therapeutic Radiology and Oncology.

veja também