Recomendações para evitar agravamento de doenças em avião

Recomendações para evitar agravamento de doenças em avião

Atualizado: Segunda-feira, 29 Novembro de 2010 as 8:23

O CFM (Conselho Federal de Medicina) divulgou recomendações para evitar o agravamento de doenças pré-existentes em quem vai viajar de avião. O documento, elaborado pela Câmara Técnica de Medicina Aeroespacial do conselho, será enviado à Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), Infraero, companhias aéreas, sindicatos das empresas de transporte aéreo, representações das agências de viagem e entidades médicas.

O documento traz orientações a serem adotadas por gestantes e pessoas com doenças respiratórias, cardiovasculares e transtornos psiquiátricos antes de embarcar, além de casos em que uma viagem de avião é contra-indicada.

A câmara técnica decidiu produzir o documento por ainda ser limitado os conhecimentos da comunidade médica sobre alterações no organismo em um voo e a pouca estrutura de atendimento disponível nas aeronaves.As recomendações tiveram como base uma cartilha da Liga de Medicina Aeroespacial da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.

De acordo com o CFM, a partir de dados das empresas aéreas, estima-se um caso de morte súbita a bordo de um avião a cada 5,7 milhões de passageiros. Fatores como imobilidade, doenças pré-existentes e mudança na ingestão de remédios contribuem para esse tipo de ocorrência.

veja também