Reeducação alimentar pode ajudar contra a 'barriguinha'

Reeducação alimentar pode ajudar contra a 'barriguinha'

Atualizado: Sexta-feira, 7 Dezembro de 2012 as 10:27

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Já estamos com um pé no verão e a essa altura a barriguinha vira inimiga número 1, principalmente das mulheres. Para acabar com ela, muita gente entra em dietas radicas que promete resultados milagrosos e, às vezes, não ajuda em nada.
 
Além de não surtirem efeito, algumas, por impor muitas restrições alimentares, afetam a saúde.
 
Alguns programas desenvolvem cardápio personalizado para pessoas e famílias, de acordo com o estilo de vida e necessidade de cada um. 
 
O programa Fit Gourmet, criado por Aline Moller, é um exemplo. Além do cardápio especializado, a especialista deixa dicas de como conquistar um corpo bonito e saudável com reeducação alimentar e mudança de hábitos:
 
- Comer várias vezes ao dia, evitando que haja a necessidade da ingestão de grandes porções que mantém o metabolismo regulado e funcionando corretamente;
 
- Adotar substituições inteligentes aos alimentos mais calóricos, sem que seja necessário excluir a receita preferida do cardápio;
 
- Optar por assados à frituras; água à outras bebidas;
 
- Libere o elevador e vá de escada, sair para dançar ao invés de encontrar as amigas na doceria;
 
- Faça com que metade da refeição sejam frutas e/ ou vegetais frescos. (Coma comida de verdade para ter mais saciedade);
 
- Planejar as refeições diárias é uma ferramenta valiosa para fugir das escapadinhas e resistir ao fast food;
 
- Pare para comer: prestar atenção no que ingere e demorar mais para mastigar ajudam a digestão e o cérebro a identificar o processo de saciedade, ingerindo uma porção menor por refeição;
 
- Para quem tem uma agenda lotada, virar adepta a marmita é uma opção inteligente e chic, pois valoriza o corpo e a saúde, além de oferecer qualidade de vida sem abrir mão do sabor.
 
 
 
Com informações de: Assessoria do Fit Gourmet

veja também