Reutilizar sangue do próprio paciente em cirurgia pode reduzir custos

Reutilizar sangue do próprio paciente em cirurgia pode reduzir custos

Atualizado: Quinta-feira, 29 Julho de 2010 as 8:49

Hospitais que coletam o sangue perdido por pacientes em cirurgias internas da emergência e o reutilizam no próprio paciente, em vez de usar o banco de sangue, podem cortar pela metade o número de produtos do sangue usados e reduzir custos, relata um estudo.

O uso do próprio sangue de um paciente, ou transfusão sanguínea autóloga, também reduz o risco de infecções e outras complicações associadas ao sangue doado, dizem os autores em seu artigo, publicado neste mês no "Archives of Surgery".

O custo geral de transfusões de sangue foi em média US$ 1.616 para pacientes que receberam transfusões autólogas, frente a US$ 2.584 para pacientes que só receberam produtos do banco de sangue, pois os pacientes que usaram seu próprio sangue exigiram apenas a metade das unidades de sangue do banco do que os outros pacientes, relata o estudo.

As estimativas de custos incluíram o custo agregado da coleta de sangue durante a cirurgia, que envolve sugar o sangue de hemorragias internas, coletá-lo num recipiente e passá-lo por um processo que separa e concentra as hemácias, que são então suspensas em solução salina e reinseridas no paciente.

"O processo é seguro e econômico, e deveríamos usá-lo com maior frequência", disse Carlos V.R. Brown, chefe de trauma do University Medical Center Brackenridge, em Austin, no Texas, e principal autor do estudo.

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também