Sabe o que é síndrome do pânico?

Sabe o que é síndrome do pânico?

Atualizado: Quinta-feira, 31 Dezembro de 2009 as 12

O ataque de pânico associado a sintomas fisiológicos (taquicardia, sudorese, tremores, sensação de iminência de morte e outros) caracteriza a síndrome de pânico. Trata-se de um estado psicofisiológico secundário à depressão.

O enfrentamento do cotidiano para uma pessoa em estado depressivo pode representar um grande desafio devido à intensa insegurança, fragilidade emocional e sentimentos autodepreciativos. Sendo assim, em momentos nos quais temos o estresse associado, pode acontecer um ataque de pânico.

Por exemplo, no trânsito, diante de um cliente, no momento de resolver problemas burocráticos ou no próprio consultório médico.

Para identificarmos um ataque de pânico, se faz necessário descartarmos a hipótese de alguma reação bioquímica do organismo por uso de medicamentos, drogas ilícitas e álcool, doenças neurológicas e tireoidianas, uma vez que o quadro é muito semelhante.

É importante destacar que existe o diagnóstico de transtorno de pânico em que o sintoma não está associado a alterações fisiológicas e nem à depressão.

No transtorno de pânico, o indivíduo apresenta ataques de pânico recorrentes e inesperados, sem conexão com algum medo específico, sem sintomatologia depressiva, apresentando intensa sensação de morte, medo da perda de controle e ansiedade generalizada. Em geral, são indivíduos que procuram o pronto-socorro.

Tais distúrbios psicológicos exigem um rígido tratamento com psiquiatra e psicólogo. Em função de fatores culturais, as pessoas evitam procurar ajuda adequada, por isso sinalizamos que é importante realizar um tratamento completo para obter-se a cura e não ficar "arrastando o problema" e, com isso, acarretar prejuízos profissionais e sociais.

Por: Dra. Sandra Regina da Silva - psicóloga

veja também