Sal em excesso pode ajudar na formação de pedra nos rins

Sal em excesso pode ajudar na formação de pedra nos rins

Atualizado: Sexta-feira, 13 Setembro de 2013 as 7:48

A cólica renal é lider de destaque das dores. Isso pode ser o começo de cálculos ou pedras nos rins. O cálculo se forma a partir da aglomeração e da cristalização de partículas?, diz o nefrologista Bento Cardoso, do Hospital Albert Einstein. A genética conta muitos pontos, mas o excesso de sódio ? o do sal de cozinha ? é apontado como principal causador do cálculo renal em propensão.
 
Pedras mais comuns
 
Estima-se que a maioria dos cálculos seja feita de cálcio ou de ácido úrico. O primeiro tipo é bem duro e compacto, já o segundo é mais mole e é quase transparente, por isso não costuma aparecer no raio X.
 
pedra nos rinsQuanto mais água, melhor
 
A melhor maneira de prevenir a formação de pedras é bebendo muita água. Nem espere a sede chegar! Uma sugestão é programar o relógio para avisar a cada duas horas que você tem que tomar um copo. Passados alguns dias, para se acostumar sem o alarme, cada vez que fizer xixi, reponha o líquido.
 
Ao combate
 
As pedrinhas são expelidas naturalmente, mas para as maiores existem aparelhos que funcionam como ?britadeiras?. Uns contam com laser e são introduzidos via uretra (canal pelo qual passa a urina) até alcançar o cálculo. Há também os que disparam ondas de ultrassom e ?quebram? os pedriscos. Tudo se reduz a pó ou então a minúsculos pedaços que costumam ser aspirados.
 
O papel do leite
 
Antigamente os alimentos ricos em cálcio eram considerados vilões. Hoje, sabe-se que o problema está no metabolismo das pessoas que formam as pedras e que pode ser desde a absorção exagerada do mineral até uma falha na eliminação pelos rins.
 
 
 
Com informações de: M de Mulher
 

veja também