Sangue artificial pode ser produzido até 2015

Sangue artificial pode ser produzido até 2015

Atualizado: Quinta-feira, 3 Novembro de 2011 as 11:59

Sangue é uma das grandes demandas da medicina, já que muitas pessoas necessitam de transfusões todos os dias. Mas o problema pode diminuir graças a um grupo de biólogos, que acredita que estamos a apenas dois ou três anos de criar uma versão artificial do sangue que corre em nossas veias. 

Cientistas da Universidade de Edimburgo, na Escócia, estão usando células-tronco da medula óssea para fazer crescer um material que muito se assemelha aos glóbulos vermelhos criados naturalmente no corpo humano. 

O grupo está trabalhando para produzir sangue do tipo O Negativo, compatível com 98% da população mundial, mas produzido por apenas 7%. Como será desenvolvido em laboratório, o sangue artificial estará livre de qualquer vírus ou doença, como HIV e hepatite. Acredita-se que o sangue vai estar pronto para teste em menos de dois anos. 

É importante ressaltar que ele não poderá ser um substituto para o sangue natural, mas apenas atuar provisoriamente, em casos de pacientes que necessitam urgentemente de transfusões e essas não puderem ser feitas. 

veja também