São Paulo cria "agência" da Saúde na Baixada Santista

São Paulo cria "agência" da Saúde na Baixada Santista

Atualizado: Terça-feira, 18 Janeiro de 2011 as 8:32

O governo de São Paulo, em parceria com as prefeituras da Baixada Santista, decidiu criar uma espécie de "agência" da Saúde da Baixada Santista. O objetivo é planejar ações integradas para melhorar a saúde pública na região, incluindo a reorganização dos serviços, controle de doenças, prevenção e promoção de saúde. A primeira reunião aconteceu, nesta segunda-feira, na sede da Secretaria de Estado da Saúde, na capital paulista.

O foco do trabalho será o desenvolvimento de iniciativas nas áreas de combate à dengue, redução da mortalidade infantil, regionalização do atendimento à saúde, ampliação de leitos hospitalares, medidas para prevenir sutos de viroses, saneamento, entre outras que forem consideradas prioritárias.

O primeiro passo será traçar um diagnóstico sobre a situação da saúda na Baixada, em termos de infraestrutura e necessidades regionais. A partir disso será desenvolvido um plano de trabalho para a solução dos problemas encontrados. A “agência” funcionará com reuniões periódicas para avaliação e mensuração de resultados.

veja também