Segundo estudo, o Botox, usado para acabar com as linhas de expressão, pode deprimir as adeptas ao método.

Botox causa depressão, aponta estudo.

Atualizado: Segunda-feira, 15 Abril de 2013 as 1

 

Algumas mulheres, com a chegada das temidas impressões, aderem ao uso de Botox, para acabar com as linhas de expressões. Segundo especialistas, o método poderá deixar as mulheres deprimidas, por não conseguir sorrir corretamente. O tratamento, funciona temporariamente “congelando” os músculos do rosto, corta os sinais enviados ao cérebro quando sorrimos, que causam sensação de felicidade. Os dados foram divulgados pelo Daily Mail.
 
Segundo o psicólogo Michael Lewis, da Universidade de Cardiff, o tratamento pode desencadear depressão indiretamente.
 

Botox causa depressão

Botox é um das substâncias mais usadas para tratamentos médicos e cosméticos, incluindo a redução de rugas faciais por meio de injeções regulares.
 
Foram analisadas 25 mulheres que aplicaram Botox no rosto, onde responderam a um questionário completo, com sintomas e classificação de depressão entre duas e quatro semanas após o tratamento.
 
O resultado apresentou que 50% das mulheres analisadas tinha mais chances de serem deprimidas. “As expressões que fazemos em nossos rostos afetam as emoções que sentimos. Nós sorrimos porque somos felizes, mas sorrir também nos faz feliz”, disse Lewis. “O tratamento impede o paciente de fazer uma expressão particular. Por exemplo, elas não são capazes de franzir a testa tão fortemente. Isto interrompe o feedback que começa no rosto e faz com que as pessoas se sintam menos tristes”, justificou ele.
 
 
 
Com informações de: Terra

veja também