SP vai implantar rede de diagnóstico de infartos à distância

SP vai implantar rede de diagnóstico de infartos à distância

Atualizado: Quarta-feira, 11 Maio de 2011 as 9:27

A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo vai implantar uma rede que identifica, à distância, pacientes com síndrome coronária aguda que dão entrada em hospitais e prontos-socorros do Estado.

Conhecido como Point of Care Test, o sistema é considerado o mais moderno para verificar os níveis de troponina --importante marcador de necroses-- para diagnosticar angina instável ou mesmo infarto do miocárdio.

Segundo a secretaria, o sistema é uma tendência mundial no mercado de diagnóstico e funciona como um teste portátil de laboratório. Popularmente conhecido como teste laboratorial à beira do leito, tem a mesma dimensão de uma máquina de cartão de crédito, mas no lugar do leitor magnético há um cartucho descartável para ser inserida a amostra de sangue.

Ainda de acordo com o órgão, uma das vantagens do exame é a quantidade da amostra: somente uma picada no dedo é suficiente para verificar o nível da troponina, por exemplo.

A agilidade no resultado --10 minutos para o valor da troponina-- é outro diferencial a ser considerado.

PROCEDIMENTO

O paciente é submetido a um exame de eletrocardiograma que, aliado a informações clínicas, indicam um possível quadro de infarto.

O teste é transmitido junto com o eletrocardiograma por sinal de telefonia celular ao Hospital Estadual Dante Pazzanese, onde cardiologistas de plantão fazem o diagnóstico.

Outros três hospitais --Conjunto Hospitalar do Mandaqui, Hospital Regional de Ferraz de Vasconcelos e Instituto Dante Pazzanese-- participam do projeto.    

veja também