Superdotado de 13 anos "briga" com universidade para estudar na África

Superdotado de 13 anos "briga" com universidade para estudar na África

Atualizado: Sexta-feira, 26 Março de 2010 as 12

Colin Carlson estuda ecologia, evolução e meio ambiente em Connecticut (EUA). Ele aprendeu a ler aos 3 anos e devorou "Harry Potter" aos 4, disse mãe.

O estudante Colin Carlson, de 13 anos, posa para foto nesta terça-feira (23) na University of Connecticut. O garoto-prodígio está no segundo ano de ecologia, evolução e estudos ambientais na escola. Mas ele reclamou do fato de a universidade ter rejeitado sua matrícula em uma disciplina que incluía trabalho de campo na África do Sul. (Foto: AP)

Colin observa mapa da África do Sul. Ele e sua mãe disseram que a escola argumentou que ele é 'novo demais' para viajar ao exterior. A família reclamou formalmente, e o Departamento de Educação está investigando o caso. 'Estou perdendo tempo em meu planejamento de me formar em 4 anos', disse o garoto. Um porta-voz da universidade disse que não iria comentar o caso específico, mas que a primeira preocupação da escola era a segurança. (Foto: AP)

Colin começou a ler com pelo menos três anos, segundo sua mãe. Ele devorou a série 'Harry Potter' quando tinha 4. Filho único, enfrentou problemas antes de descobrir que era superdotado. Ele estão pulou dois anos na escola pública e começou a ter aulas na universidade aos 9. Apaixonado pela natureza, ele já fez várias viagens internacionais de estudo, acompanhado pela mãe. Ele afirmou que a viagem à África é crucial para seu plano de estudos. (Foto: AP)

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também