Suspenso alisante de cabelo pela Anvisa

Suspenso alisante de cabelo pela Anvisa

Atualizado: Terça-feira, 28 Janeiro de 2014 as 3:03

Foi proibido pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), à partir de hoje, a fabricação, a distribuição, o comércio, a divulgação e o uso do produto Zene Progress Defrizagem Temporária, produto usado para alisar os cabelos, em todo território nacional. A ordem foi publicada no Diário Oficial da União.

produto de alisamento é proibido
O alisante é fabricado pela empresa Cosmed Indústria de Cosméticos e Medicamentos S.A.
 
De acordo com o texto, um laudo de análise fiscal emitido pela Fundação Ezequiel Dias referente ao lote LC11D0087, apresentou resultado insatisfatório no ensaio de PH. Ainda segundo a Anvisa, o produto não possui registro.
 
 
Com informações de: Viva Bem

veja também