Técnica faz célula infectada pelo HIV se autodestruir

Técnica faz célula infectada pelo HIV se autodestruir

Atualizado: Sexta-feira, 20 Agosto de 2010 as 9:28

Pesquisadores de Israel encontrara uma forma de "autodestruir" células infectadas pelo vírus HIV. No futuro, isso pode fazer com que seja possível eliminar o invasor do corpo, algo tido como praticamente impossível pelos cientistas até agora. Atualmente, os tratamentos contra a Aids são focados em inibir a reprodução do vírus, com o objetivo de retardar o aparecimento da doença, em vez de "limpar" o HIV das células.

De acordo com Abraham Loyter, professor da Universidade de Jerusalém, quando vai se integrar às celulas humanas, o vírus apenas insere material genético suficiente para entrar na célula, mas ao mesmo tempo evita que ela "morra". O que os pesquisadores fizeram foi induzir o vírus a colocar muito material genético na célula, o que pode levar ao processo de morte, chamado apoptose (morte celular programada).

Para isso, a equipe de Loyter desenvolveu compostos que conseguem penetrar nas células infectadas e simular a atividade da integrase, uma das três enzimas virais necessárias para replicação do vírus HIV. Com isso, as células entram em "modo de pânico" e acabam se autodestruindo.

Loyter diz que a pesquisa é promissora, mas que os resultados ainda não preliminares.

- Até agora, esses experimentos apenas mostraram que é possível "curar" o HIV em pequenas porções de células em laboratório, mas os resultados são interessantes para a luta para erradicar a doença.

veja também