Teste de QI pode variar com o passar do tempo

Teste de QI pode variar com o passar do tempo

Atualizado: Segunda-feira, 24 Outubro de 2011 as 2:04

A pontuação de QI sempre foi usada para revelar a inteligência de uma pessoa. Os números determinavam se alguém era gênio, inteligente, ou alguém de capacidade mediana. Porém, uma pesquisa mostrou que essa pontuação não é definitiva. Com o passar do tempo os valores podem sofrer alteração. 

O estudo foi feito por pesquisadores da University College London com um grupo de 33 adolescentes, com idade entre 12 e 16 anos. Foram feitos os testes de QI e, quatro anos depois, o procedimento foi repetido. Neste período, alguns alunos ganharam até 20 pontos no QI.

“Nós ficamos muito surpresos. Era esperada a variação de alguns pontos, mas tivemos indivíduos que passaram de 100 para 127 pontos”, disse a pesquisadora Cathy Price, que conduziu o estudo.

Pontuação de QI de aluno pode variar depois de alguns anos, diz estudo.// Crédito: Getty Images

Os pesquisadores resolveram, então, analisar imagens do cérebro para confirmar se essas grandes flutuações no desempenho não eram mero acaso. Foi constatado que o grau da mudança do QI era proporcional às alterações do cérebro.

Para o professor de psicologia do desenvolvimento, Stephen Ceci, da Cornell University, o estudo é um alerta para pais e educadores. 

“É preciso cautela de todos nós para ver que o teste de QI não captura toda a capacidade de um indivíduo”, disse. 

veja também