TPM: inimiga número um das mulheres

TPM: inimiga número um das mulheres

Atualizado: Terça-feira, 8 Abril de 2008 as 12

No mundo moderno, as mulheres conquistam seu espaço com muito esforço e determinação. Afinal, sua rotina não é fácil. Acordar cedo, deixar os filhos na escola, ir trabalhar, fazer faculdade, deixar a casa em ordem. É a famosa dupla jornada.

Alguns homens ajudam neste turbulento cotidiano, mas são raras exceções. E além do dia-a-dia corrido, as mulheres ainda lidam com outro empecilho: a tensão pré-mestrual (TPM).

Podendo aparecer de duas semanas a até dois dias antes da menstruação, a TPM atinge 80% das brasileiras, segundo pesquisa desenvolvida pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e do Centro de Pesquisa em Saúde Reprodutiva de Campinas (Cemicamp), com o apoio da Bayer Schering Pharma.

São mais de 120 sintomas relacionados que a mulher pode sentir. Entre eles dores de cabeça, retenção de líquidos, irritabilidade e inchaço nas mamas.

De acordo com a médica ginecologista Ângela Carvalho, "todas as mulheres em idade fértil convivem com as alterações bioquímicas nos níveis dos hormônios sexuais, como o estrógeno e a progesterona, responsáveis pela instabilidade feminina no período", e completa: "outros fatores podem desencadear a síndrome, como pré-disposição genética", afirma.

Confira abaixo algumas dicas da Dra. Ângela para aliviar os sintomas da TPM:

? Algumas técnicas podem ser benéficas para a saúde da mulher como a acupuntura.

? A homeopatia é uma boa dica, pois atua de forma individualizada na mulher.

? Remédios fitoterápicos também auxiliam. Ervas como a valeriana, passiflora e sabugueiro têm propriedades calmantes.

? Vitaminoterapia: a medicina molecular também é de grande ajuda. O apoio com suplementos de vitaminas (indicados pelo médico) atuam como inibidores de alguns sintomas. Por exemplo, a vitamina A tem efeitos diuréticos e é indicada para mulheres que retém muito líquido.

A B6 eleva a produção de serotonina, responsável pelo bem-estar e a vitamina E reduz as dores nos seios.

A alimentação também influencia no ciclo menstrual. Refeições balanceadas são grandes aliadas nesse período. A Dra. Ângela Carvalho lista uma série de alimentos que podem melhorar os sintomas da TPM:

? Alimentar-se com um menu balanceado que contenha: carboidratos, uma porção a cada três horas (pães, batatas, massas, aveias e arroz), pois ele faz a mulher se sentir melhor. Os oléos do ômega 3 e 6 reduzem a irritabilidade e dores nas mamas, é encontrado em peixes como o atum. Frutas como o abacaxi ajudam a reduzir a perda de sangue em excesso. A vitamina B6 (presente no fígado de boi), nozes, aveia e banana reduzem as dores de cabeça e a irritação. A vitamina E previne as cólicas, e são encontradas em castanhas, azeitonas, óleo de soja, milho e agrião.

? Evitar doces. Dê preferência ao cacau em pó ou amargo, evitando sempre o excesso.

? Beba bastante água. Sempre. Quem tende a ficar deprimida pode ainda aproveitar estimulantes naturais como o café e o guaraná. Bebidas alcoólicas nem pensar.

veja também