Tratamento de AVC com células-tronco passa por 1ª fase de testes

Tratamento de AVC com células-tronco passa por 1ª fase de testes

Atualizado: Quinta-feira, 1 Setembro de 2011 as 1:51

  A primeira pesquisa a usar células-tronco para tratar pacientes que sofreram derrame – ou acidente vascular cerebral (AVC) – passou pela primeira fase de testes com sucesso. Nessa terapia, células-tronco neurais são colocadas no cérebro de pessoas com sequelas causadas pelo AVC. O objetivo é reparar os danos e recuperar as funções físicas e mentais.

  Na primeira fase de testes, foram tratados três pacientes afetados pelo derrame isquêmico, que responde por 80% dos casos de AVC. Cada um deles foi avaliado num ponto diferente do tratamento: três, seis e nove meses após o início.

Os exames neurológicos feitos até o momento indicaram que a técnica é segura e deram sinal verde para o início da próxima fase de testes. Agora, mais nove pacientes serão incluídos no tratamento, que vai passar a ter doses maiores. Eles serão acompanhados por dois anos e, caso não haja problemas, uma nova bateria de testes, ainda mais amplos, será iniciada.

Keith Muir, pesquisador da Universidade de Glasgow, na Escócia, disse que a técnica, chamada ReN001, “tem o potencial de se dirigir a uma necessidade médica muito significativa e ainda não atendida nos pacientes de derrame”.

O acidente vascular cerebral (AVC) é a maior causa para internações e morte no Brasil, segundo a Academia Brasileira de Neurologia. O Sistema Único de Saúde (SUS) afirma que o problema que afetou quase 85 mil pessoas no Brasil somente no 1º semestre de 2011.

veja também