Uso de energético para se bronzear favorece aparecimento de câncer de pele

Uso de energético para se bronzear favorece aparecimento de câncer de pele

Atualizado: Sexta-feira, 29 Outubro de 2010 as 9:09

A Mulher Melancia causou espanto e curiosidade esta semana ao usar no programa "A Fazenda" energético para se bronzear. Segundo ela, em casa, o bronzeador é refrigerante. Mas a prática pode causar câncer de pele, alerta a dermatologista do Hospital São Luiz Anália Franco, Samar Mohamad El Harati.

"Essas substâncias queimam a pele, mas não bronzeiam por inteiro. Podem causar ardor e manchas. Em casos extremos, pode chegar a queimaduras de terceiro grau ou até gerar um câncer de pele", explica.

A médica diz que estas bebidas possuem substâncias foto reagentes (substâncias que reagem à luz do sol) e destroem as células da pele. Ao tentar regenera-las, o organismo pode desenvolver um câncer.

Mais um alerta, o óleo bronzeador também não é indicado e causa alguns desses efeitos em menor grau. "O recomendável é utilizar o protetor de fator no mínimo 30, de 2 em 2 horas, reaplicando quando entrar no mar ou na piscina".

E a dica para ficar com aquele bronzeado sem prejudicar sua saúde? Ingerir alimentos como cenoura e mamão, que possuem substâncias que garantem um bronzeado saudável e duradouro. "Para acelerar o processo, pode-se procurar um dermatologista para que sejam desenvolvidas cápsulas que contenham as substâncias do mamão e da cenoura em maior quantidade", aconselha a dermatologista.

veja também