Uso de protetor solar é indispensável com calor forte em SP, diz dermatologista

Uso de protetor solar é indispensável com calor forte em SP, diz dermatologista

Atualizado: Quinta-feira, 5 Novembro de 2009 as 12

Os dias de sol e calor forte que têm feito no estado de São Paulo nos últimos dias tornam indispensável o uso de protetor solar na pele para ir às ruas. O produto é indispensável para qualquer tipo de pele, e ajuda a prevenir manchas e doenças.

Dos três raios ultravioleta que existem, dois oferecem riscos para a nossa pele. O UVA e o UVB causam envelhecimento precoce, câncer e alguns tipos de alergia.

De acordo com a dermatologista Fernanda Oliveira Herreros, o ideal é usar no dia a dia um protetor com fator de proteção entre 15 e 30 para a proteção UVB. "É ideal que o protetor solar também tenham uma fração de proteção para UVA", explica Fernanda.

Segundo ela, a quantidade de produto passado no corpo deve ser abundante. "Geralmente as pessoas aplicam uma quantidade pequena. O ideal é aplicar uma camada uniforme, para formar um filme na pele. E você sentir que a pele está ficando hidratada".

Os fatores de proteção mais elevados, como 50 ou 60, são indicados para ocasiões especiais. "Para quem tem algum antecedente de câncer de pele na família ou já tenha tido câncer de pele, ou peles muito claras, exposições maiores ao sol. Algumas doenças de pele que tem uma sensibilidade à luz também pedem um fator de proteção mais alto", contou a dermatologista.

veja também